O que é Low Code ou No Code?

O que é Low Code ou No Code?

5 de maio de 2022 Off Por Rodrigo Dornel e Paula Ferreira

Olá, pessoal, hoje vamos entender um pouco sobre o Low Code e não é novidade para ninguém que tivemos uma grande aceleração de negócios e tecnologias digitais nos últimos anos. A transformação digital foi acelerada devido aos últimos acontecimentos, principalmente por causa da pandemia, que nos obrigou a repensar modelos de negócios ditos tradicionais em modelos digitais.

Porém, isso trouxe um novo desafio para empresas que ainda não estavam conectadas com esse novo formato de negócio. Mesmo empresas baseadas em negócios digitais tiveram que se tornar mais ágeis em seus processos, repensando fluxos, processos e até mesmo o modelo de contato com seus clientes.

Isso fomentou um conceito que já estava aparecendo como tendência para os próximos anos, o Low Code (conhecido também como pouco código ou nenhum código). Isso significa poder criar aplicativos, os famosos Apps, sem que seja necessário um desenvolvedor com grandes conhecimentos em uma determinada linguagem de programação. Vale ressaltar aqui que o foco do Low Code é a produtividade, afinal Apps e Softwares mais complexos requerem um profissional e uma linguagem dedicada a isso.

Dessa forma, plataformas que possam oferecer esse tipo de experiência estão ganhando cada vez mais adeptos, principalmente por terem soluções integradas ao ambiente em que as empresas já estão acostumadas. Empresas como Microsoft e Google já oferecem uma suíte de ferramentas amplamente usadas por usuários de negócios, não necessariamente analistas de sistemas ou desenvolvedores.

Imagine que você está trabalhando em uma planilha e precisa coletar dados dos funcionários da sua empresa. Em poucos cliques você converte isso em um formulário, que é disparado por um fluxo automatizado, e que já vai sumarizando esses dados em uma plataforma de visualização de dados.

Pense ainda em um aplicativo de cadastramento de despesas de viagens. Você já tem uma planilha onde são lançadas as notas, valores, datas sobre as viagens. Você pode converter isso em aplicativo mobile para que as pessoas acessem de onde estiverem. Tudo isso sem escrever códigos complexos, muitas vezes fazendo uso de fórmulas ou lógicas que você já conhece dentro do Excel, por exemplo.

Na figura abaixo vemos uma lista criada por um usuário de negócios, ele pode usar aquela lista como base para seu aplicativo, ou seja, a estrutura dos dados já está pronta, ele precisa apenas de uma interface de entrada de dados mais amigável. A opção de criar um aplicativo já aparece como uma opção nos menus da lista.

Dentro da suíte de aplicativo da Microsoft temos o que é conhecido como Power Apps, que faz parte de uma família mais abrangente, conhecida como Power Platform, que traz aplicativos de automação de tarefas e fluxos, criação de relatórios e insights, agentes virtuais ou bot´s e o criador de aplicativos power apps.

O Power Apps ajuda a criar aplicativos modernos baseados em listas ou planilhas, mas também permite criar aplicativos baseados em banco de dados.

Quando você opta por criar um aplicativo a partir de um modelo de dados já existente, o Power Apps, já cria um aplicativo com três interfaces diferentes para você: exibição, detalhe e edição.

Basta você clicar no botão de rodar que ele irá provisionar seu aplicativo no próprio navegador.

Outra maneira de visualizar o app é baixando o software cliente do Power Apps no seu aparelho celular e conectar nele com a mesma conta, dessa forma você acessa os aplicativos diretamente no seu telefone.

Resumindo, Low code é uma plataforma de produtividade no qual usuários de negócio podem produzir suas próprias ferramentas para aumentar sua produtividade. E o foco é suprir as demandas diárias e imediatas dos departamentos de uma empresa sem demandar uma análise profunda da necessidade e mão de obra especializada, permitindo o próprio departamento implementar um aplicativo baseado em “clicar e arrastar” para aumentar sua produtividade e automatizar tarefas.

Bom, por hoje era isso pessoal, espero que vocês tenham gostado de conhecer o Low Code.

Nos vemos no próximo post!
Abraço!